AÇÃO DO PENSAMENTO- MOCIDADE

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Identificar os mecanismos que estão presentes no pensamento, identificando o FCU como o meio de transmissão dos pensamentos

- Reconhecer no pensamento uma força poderosa que podem manter a saúde ou levar à doença.

METODOLOGIA TÉCNICAS E RECURSOS
ATIVIDADES DO EVANGELIZADOR

Primeiro momento:
Iniciar a aula com a música “Pensamento e cor” (Anexo1).
Após, conversar com turma sobre o conteúdo da música, levantando algumas questões, tais como: a.Somos realmente o que pensamos?
b. Será que nossa saúde ou doença são influenciadas pelos nossos pensamentos?
c. De que maneira os programas de TV e/ou leituras podem influenciar nossos pensamentos ?
d. Será que podemos considerar como verdadeira a frase a seguir: “Dize-me o que pensas e te direi com quem andas?”
Neste momento, também lembrar de perguntá-los sobre a pesquisa que fizeram, durante a semana, sobre o tema que está sendo estudado.
Ouvir as respostas da turma, levando-os a refletir sobre o teor dos seus próprios pensamentos

Segundo Momento:
1. Falar-lhes sobre uma pesquisa que mostra como utilizamos nossa imaginação criativa a todo instante. (Anexo 2).
1. Após os comentários e análise do conteúdo do anexo 2, feito pela evangelizadora, propor aos alunos que façam um gráfico sobre seus pensamentos, lembrando que o trabalho é individual e permanente em nossas vidas, ou seja que devemos estar sempre vigilantes e atentos com relação às nossas construções mentais. Assim como nos disse Jesus: “Orai e vigiai”(modelo anexo 3)

Ao final deste trabalho lembrá-los de que somos aquilo que acalentamos no nosso íntimo. Nossa vida mental expressa-se na organização emocional e física, dando surgimento aos estados de equilíbrio como também de desarmonia pelos quais nos movimentamos.

Terceiro momento
- Conforme combinado com a turma, nos 10 minutos finais, haverá um espaço para dúvidas referentes a assuntos diversos, à luz da Doutrina Espírita.

3. Encerramento e prece final.


TÉCNICAS:
- Exposição participativa;
- Diálogo participativo;
- trabalho individual


RECURSOS

- Aparelho de som
- cd com a música “Pensamento e cor”
- 20 folhas com o gráfico impresso para o exercício proposto

BIBLIOGRAFIA

1. O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, Cap. XVII, itens 9 a 14;
2. O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, Livro 2º, Cap. VIII , Questões 419 a 421.
3. A Gênese, Allan Kardec, Cap. XIV, itens 13 a 15.
4. Site consultados:
http://www.cvdee.org.br/ev_plano.asp
http://eduardobarros.multiply.com/journal/item/1399

AVALIAÇÃO: A AULA SERÁ CONSIDERADA SATISFATÓRIA SE, AO FINAL DA AULA, CITAREM 3 EXEMPLOS DE COMPORTAMENTOS E/OU ATITUDES QUE SÃO CONSEQUÊNCIA DE NOSSA POSTURA MENTAL.


ANEXOS- AÇÃO DO PENSAMENTO

1. Música

Pensamento e cor
(Marisa Nalini)

Esta música também poderá ser encontrada no seguinte site:
http://www.cancioneiro.com.br/cancioneiro1/


Somos o que pensamos: pensamento é criador.
Maldade atrai as sombras, gerando tristeza e dor.
Bondade sempre constante gera o belo, a cor, a luz.
Ações nobres construindo arco-íris de luz.
Ligando a terra ao céu ao encontro de Jesus.

Com pensamentos bons vamos criar cor e luz
Desde a cor da linda rosa, o verde das águas,
Ao azul dos olhos de Jesus.

2. Pesquisa sobre nossa imaginação criativa

Sintonia mental
A inércia é algo que venha a fortalecer os maus pensamentos. Quando não estamos ativos, sem uma determinada atividade, a mente cria indagações e pensamentos diversos que não levará a nada, pelo contrário, conforme a sintonia poderá trazer vários problemas psíquicos que poderão prejudicar seu emocional, sua vida familiar e social.
Alguns estudos revelam que temos em média 50 mil pensamentos por dia. Assim, devemos utilizar a imaginação criativa a todo instante. O terapeuta transpessoal, Todashi Kadomoto, em seu livro Ninguém Tropeça em Montanha, comenta sobre uma pesquisa feita nos Estados Unidos sobre o tema e revela dados importantes: 40% de nossas preocupações dizem respeito a fatos que jamais acontecerão; 30% relacionam-se com coisas que já aconteceram; 12% referem-se a questões de saúde; 10% são sobre assuntos insignificantes; 8% das preocupações têm base real. São dados realmente impressionantes, afinal constata que dos 50 mil pensamentos diários, apenas 8% são relevantes, por isto, devemos utilizá-lo melhor, reeducá-lo, diariamente, para que possamos cada vez mais aproveitá-los de uma forma útil e prazerosa para nós e todos os que nos cercam.
Grandes cientistas usaram seus pensamentos em prol da humanidade. Graças à forma de seus pensamentos chegamos ao progresso atual e para o futuro ainda iremos progredir muito.
Hoje temos todo tipo de informação que precisamos, seja pelos livros, internet, televisão, podemos literalmente conhecer o mundo sem sair do lugar. Usemos essas informações para um aprendizado e conhecimento que venham a engrandecer nosso ser. Assim, criamos em nossa volta uma energia coesa com nossos pensamentos e nossa conduta moral. Estando em estado de vigília constante saberemos destinar melhor a mente para pensamentos relevantes.
Prece e caridade
E não devemos esquecer que a melhor forma de nos manter em sintonia com a espiritualidade Maior é através da prece, da reforma íntima, da pratica da caridade, pois assim, estaremos criando sempre bons pensamentos
Parte de um artigo publicado na Revista Cristã de Espiritismo, edição 24, em http://www.cplec.com.br/autoajuda/poder.htm

Utilizar o gráfico abaixo para ilustrar a explicação da pesquisa:



Gráfico para o exercício

0 comentários:

Postar um comentário