Dinâmicas - Atributos de Deus: Deus é Eterno

Eu precisava explicar que Deus era Eterno, para crianças de 3 a 6 anos, pois o tema era Os Atributos da Divindade.
Então, resolvi primeiro fazê-las compreender o significado de eterno.
Na questão 13, de O Livro dos Espíritos, nos comentários de Allan Kardec, vamos ler o seguinte:
"Deus é eterno. Se tivesse tido princípio, teria saído do nada, ou, então, também teria sido criado, por um ser anterior. É assim que, de degrau em degrau, remontamos ao infinito e à eternidade."
Ou seja, Eterno é o que não tem começo e nem fim. Deus é eterno, pois não foi criado e não tem fim. O Espírito não é eterno, é imortal, ou seja, tem um começo (foi criado por Deus), mas não tem fim.
Então, peguei um novelo de barbante, e desenrolei uma grande parte dele.Grande mesmo.



Uni as extremidades e arrebentei-o em outras partes e uni novamente em um nó, para que não ficasse apenas um nó de emenda no barbante.
Coloquei na sala de evangelização e, quando as crianças chegaram, disse para elas que deveriam encontrar o começo e o fim do barbante que estava no chão, e que este começo e esse fim estariam marcados (falei isso para que alguma criança mais afoita não arrebentasse o barbante para dizer que achou).
Então, elas procuraram, procuraram, procuraram...
Por fim, depois de uns 5 minutos procurando, uma criança bem pequena disse: "Tia, esse barbante não tem começo não..."
Então, eu pude introduzir minha evangelização.
Entendeu?
Simples, não? Só foi usada essa dinâmica para que o conceito de eternidade não ficasse perdido para as crianças, mas de certo modo concretizado para que pudessem compreender mais facilmente o tema da aula.

3 comentários:

Ana Luiza disse...

Adorei a ideia, estava justamente procurando algo assim.. Onde eu conseguisse fixar o ensinamento de uma forma mais dinâmica.. Obrigada, abraços, Ana Luiza

Anônimo disse...

Faço as minhas palavras as mesmas da irmã Ana Luiza; fantástica essa dinâmica; Karla

Anônimo disse...

Adorei irei aplica-la esta semana. Um grande abraço!

Postar um comentário